Castelo de Shuri – Problemas elétricos podem ter sido a causa do incêndio

castelo Shuri em Okinawa no Japão

Um problema na linha elétrica pode ter sido a causa do incêndio que destruiu o Castelo de Shuri, disseram fontes policiais na terça-feira.

Uma câmera de vigilância capturou uma luz piscante atrás do prédio principal queimado, no primeiro andar do castelo, pouco antes que o incêndio começou, disseram fontes familiarizadas com a situação.

Quando o incêndio aumentou, um sensor termossensível no prédio foi ativado, e os policiais informaram que foram obtidas outras imagens da câmera de segurança que mostram uma chama acesa no primeiro andar.

A polícia acredita que é improvável que o incêndio, que envolveu sete edifícios de madeira e aço, tenha sido causado por um incêndio criminoso.

Depois de ouvir algumas testemunhas, a polícia suspeita ainda mais que o incêndio se espalhou pela parte de trás do salão principal ou pelo lado nordeste, por causa de alguma falha no sistema elétrico.

Castelo de Shuri

O incêndio aconteceu na quinta-feira passada e destruiu o prédio principal e vários outros prédios do Shuri Castle (Castelo Shuri), um símbolo da prefeitura de Okinawa e um famoso destino turístico na cidade de Naha.

Até o momento já foram arrecadados mais de 250 milhões de ienes doados por mais de 18.000 pessoas a uma campanha de “crowdfunding” criada pela cidade de Naha, para ajudar a reconstruir o Castelo de Shuri.

Castelo de Shuri

O Castelo Shuri foi construído há cerca de 500 anos pela Dinastia Ryukyu e foi registrado na riqueza nacional do Japão em 1933. Durante a Segunda Guerra Mundial, o castelo foi destruído e depois reconstruído em 1992.

Fonte: KYODO NEWS


Veja também:

Dani

Formada em Pedagogia, 31 anos, apaixonada por animes, coisas fofas e quase tudo da cultura oriental.