Autoestima: você esta fazendo isso errado

Vou começar esse texto com uma revelação que poderá irritar a muitos que chegam a esse site em busca de uma mudança profissional – seja de emprego ou de carreira: 

Não existe mudança profissional satisfatória e permanente se, primeiro, não houver uma mudança na sua autoestima, ou seja, na forma como você vê a si mesmo (mais positiva ou mais negativa) e no valor que você se dá.

E, o que é mais importante, o trabalho que nascemos para fazer, o nosso trabalho com Propósito ou a nossa Missão é um trabalho criado a partir do amor próprio. É um trabalho construído em cima da nossa autoestima e do nosso senso de valor, e não uma forma de compensar culpas ou medos que você sente.

Você…

Veja a matéria completa…

Espaço fujoshi : Uke, seme, seke e afinal, isso é tão importante assim?

Oi, querido fujoshi e fudanshi! Bem, hoje eu queria falar sobre a questão de divisão em ukes, semes e a importância imensa que às vezes as pessoas dão a isso. Mas antes de tudo, uma pequena explicação, pois embora a maioria das pessoas já saiba o significado e a utilização desses termos, ainda temos aqueles não muito familiarizados, não?

No mundo do yaoi, “seme” seria o ativo da relação, e “uke”, o passivo. . Seme é derivado do verbo japonês semeru (Atacar) e uke do verbo ukeru (Receber). Os termos são originados das artes marciais, e foram apropriados para o contexto sexual.

Nessa divisão entre passivo e ativo, também nasce os maiores clichês das historias boys loves. Nos mangás, animes, doujishins, novels, etc., os personagens costumam ser extremamente estereotipados de acordo com os papeis que desempenham.

page

Veja a matéria completa…

Sweet Lolita

Sweet Lolita, o nome já diz tudo, uma “Lolita Doce”, considerado o estilo de Lolita mais kawaii(fofo). Usa-se cores com tons rosa, verde claro, azul bebê, amarelo claro, pêssego e derivados de tons pastéis. As estampas (quando utilizadas) são pequenas e consideradas “bonitinhas”, como frutas, flores, doces, corações e até animais. Os vestidos são repletos de babados e lacinhos. A ideia é parecer um docinho!

large

Veja a matéria completa…

Espaço fujoshi : afinal, o que é yaoi?

Haikyuu!!

Começando a abordar o tema, porque não uma pequena explicação para quem ainda não conhece esse termo? Então, se você é novo nesse mundo maravilhoso ou caiu aqui no site de para quedas, uma pequena introdução:
“Yaoi” é o termo geralmente usado pelos ocidentais para designar mangás e animes com temática boys love, ou seja, um romance homossexual entre homens. Segundo custa, esse nome deriva da frase “ yama nashi, ochi nashi, imi nashi”, que é traduzido para o português como “Sem clímax, sem resolução, sem significado”, ou como “Sem pico, sem ponto, sem problema.”

O yaoi, ao contrario do que muitos podem pensar, tem como alvo o publico feminino. Sim, mulheres, inclusive, por seu alto teor de idealização- é difícil achar obras que fujam a certos clichês- muitos gays não conseguem se identificar. Embora, é claro, tenha outros que gostam. Isso vai muito de cada um também.

Sweet.Pool.600.1713373

Veja a matéria completa…

16 Fan Arts incríveis de Attack On Titan

Attack on Titan é um mangá/anime escrito e ilustrado por Hajime Isayama. A história gira em torno das vidas de Eren Yeager. As pessoas vivem em um mundo onde os remanescentes da população humana viem dentro das cidades cercadas por enormes muros devido ao aparecimento dos Titãs, criaturas humanoides gigantes que devoram seres humanos, aparentemente sem razão. Suas vidas são mudadas, após o aparecimento de uma titan colossal. E a história se desenrola a partir daí.

Veja a matéria completa…

Classic Lolita

Classic Lolita é um dos estilos de Lolita mais delicado e maduro.

Usam vestidos clássicos, com padrões mais vitorianos, sendo bastante comuns estampas florais e as cores mais usadas são rosa, creme e marrom.

97307ac27523d30715ec975abddb7bfe

Veja a matéria completa…

Fanfic – Doubt & Trust

A lua. Linda e no alto de seu esplendor, iluminando a noite com seu lindo brilho branco. Uma paisagem encantadora para qualquer pessoa que parasse para ver a incrível visão. Era uma noite de domingo e andava sem muito entusiasmo pela rua calma e perigosa devido ao horário que já era avançado, mas não me importei com isso. Olhava para a lua e aquela visão era como se eu fosse como a lua, sozinha lá em cima, sem ter alguém para acompanhá-la, apenas as estrelas. Será que elas eram boas companheiras? Será que entendiam a dor que a lua passava em silencio? Eu sei, perguntas como essas não fazem sentido, mas no momento era assim que me sentia. Nunca fui do tipo de garoto que se preocupa com esse tipo de coisa, mas agora era diferente.

Muitas coisas aconteceram de uns meses para cá, e nunca imaginei que apenas uma pessoa pudesse me fazer ficar desse jeito. Quando chego perto para conversarmos, sinto uma grande alegria, ao mesmo tempo em que sinto um aperto no peito por senti-lo um pouco distante, e pra melhorar a situação, quando estamos longe sinto a mesma coisa. Afinal, eu gosto de ficar perto ou longe dele? Não entendo nada desses assuntos, mas sei o suficiente para saber que estou apaixonado. E também sei o suficiente para saber que ele só deve me ver como um Jyuudaime, afinal, nem pelo meu nome ele me chama. Estou me sentindo igual a esses personagens de romances, que vemos em qualquer livro ou filme. Exceto pela parte de ficar sonhando com a pessoa, de querermos que ela esteja ao seu lado… Tá, essa parte também é verdade. Não gosto e nem possui a habilidade de mentir bem. É só que… Eu não sei mais o que fazer a respeito disso e não sei até quando irei aguentar sem lhe dar um beijo…

:*:*:*:♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥~~♥:*:*:*:

A lua. Realmente um lindo astro. Sua luz juntamente com a das estrelas ajudam a dar um ar mais romântico à noite. Hoje em especial, é noite de lua cheia. Caminhando pelas ruas desertas e pelos becos desta cidade, fico pensando sobre a vida. Sobre as coisas/pessoas que são importantes para mim e que eu não seria capaz de deixa-las ir embora nem por todas as… Bem, eu não sei o que posso usar para comparar, mas o que importa é que não as trocaria por nada e uma dessas pessoas é o Jyuudaime. Sempre sorrindo (exceto quando se trata da máfia), não apenas para mim, mas para todos. Isso me irrita um pouco. Porque não pode ser apenas para mim?Hum… Deixando isso de lado, a verdade é que ele foi o primeiro a me aceitar como eu sou sem exigir nada de mim.

Veja a matéria completa…

TOP 5: Ecchi – Peitos, comédia e ação – Parte V

#5 Strike The Blood

Gênero: Ação, Ecchi, Fantasia, Shounen, Sobrenatural

Episódios: 24 (lançando)

Sinopse: A história de fantasia e ação escolar de Strike the Blood gira em torno de Akatsuki Kojou, um garoto considerado o vampiro mais perigoso do mundo (que pensavam existir apenas em mitos e lendas), e Himeragi Yukina, uma garota que recebeu a missão de ficar de olho no vampiro e, se preciso, eliminá-lo.

Veja a matéria completa…

TOP 5: Ecchi – Peitos, comédia e ação – Parte IV

#4 Infinite Stratos

Gênero: Ação, Comédia, Ecchi, Mecha, Shounen, Fição Científica

Episódios: 24

Sinopse: Passa-se num mundo onde as mulheres lideram a sociedade graças à invenção da Infinite Stratos, uma poderosa arma que só pode ser equipada por elas. Com isso, pouco a pouco as mulheres começam a ter seu lugar em postos importantes, até que um dia substituam o papel dos homens. Num mundo assim, surge um único homem capaz de equipar uma Infinite Stratos. Então, ele entra para um colégio de treinamento onde só existem garotas.

Veja a matéria completa…

TOP 5: Ecchi – Peitos, comédia e ação – Parte III

#3 BTOOOM!

Gênero: Ação, Ecchi, Ficção científica, Psicológico, Seinen

Episódios: 12

Sinopse: Num piscar de olhos, Ryouta Sakamoto se vê transportado; ele estava jogando o hit BTOOOM! em seu quarto quando, do nada, foi parar em uma ilha misteriosa, equipado com suprimentos para um dia, uma “pochete” de bombas, um estranho cristal inserido em sua mão esquerda e um grande buraco em sua memória. Porém, ele não leva muito tempo para descobrir o que está acontecendo, especialmente depois que a primeira pessoa que Ryouta encontra tenta matá-lo. Alguém está tentando recriar o jogo ultra violento BTOOOM! na vida real, e a ilha foi preenchida por um exército de outros jogadores, cada um munido com diferentes tipos de armas explosivas chamadas BIM. Felizmente, Ryouta era um dos melhores jogadores de BTOOOM!, mas nessa versão insana do jogo que não há como resetar ou ter uma segunda chance de viver, só há um jeito de sair da ilha: matar sete pessoas antes que elas te matem! Será que Ryouta consegue vencer esse jogo baseado em suas habilidades rápido o suficiente para sobreviver?

Veja a matéria completa…