Japan Sinks – Netflix divulgou vídeo da abertura do anime

Japan Sinks

Netflix divulgou um vídeo com a abertura da adaptação para série anime da novel Japan Sinks (Nihon Chinbotsu / 2020 – Japão Submerso) de Sakyo Komatsu.

O anime é original da Netflix em parceria com o estúdio Science SARU, a direção é de Masaaki Yuasa (Devilman crybaby, Ping Pong the Animation, Mind Game), com roteiro de Toshio Yoshitaka (Dragon Ball Super), designer de personagens por Naoya Wada e trilha sonora criada por Kensuke Ushio.

Com um total de 10 episódios, Japan Sinks (Nihon Chinbotsu / 2020 – Japão Submerso) irá estrear mundialmente na Netflix dia 9 de julho de 2020 com dublagem e legendas em português.

Japan Sinks

No elenco de voz (seiyuu’s), temos:

  • Reina Ueda como Ayumu Mutō – A protagonista de 14 anos que se dedica à corrida de pista na esperança de participar nas Olimpíadas
  • Tomo Muranaka como Gō Mutō – Irmão mais novo de Ayumu que se conecta ao mundo através de jogos online
  • Yuko Sasaki como Mari Mutō – A mãe da família Mutō e ex-nadadora competitiva otimista mesmo em face do desastre
  • Masaki Terasoma como Kōichirō Mutō – O pai inteligente e tenaz da família Mutō

Quanto à história da novel:

Uma série de desastres naturais atingem o Japão, que ocasionam grandes erupções vulcânicas em ilhas remotas de seu arquipélago, e terremotos. Uma equipe formada por cientistas decide conversar com o governo japonês sobre o afundamento das ilhas do arquipélago, que parece cada vez mais perto de acontecer, e assim tentar obter alguma solução.

No anime da Netflix, a história irá se passar em 2020, depois das Olimpíadas de Tóquio e traz como protagonistas a família Muto. Os quatro membros acabam se vendo perdidos durante um terremoto que atinge a capital, Tóquio, e farão de tudo para sobreviver.

Japan Sinks (Nihon Chinbotsu) foi lançado no Japão em 1973 e ganhou duas adaptações para live-action, uma delas lançada no mesmo ano, e outra em 2006. Além disso possui um dorama produzido em 1975 e adaptações para mangá. A obra é classificada como ficção científica no Japão.

Dani

Formada em Pedagogia, 31 anos, apaixonada por animes, coisas fofas e quase tudo da cultura oriental.