Menores de 18 não podem mais jogar videogame depois das 22h na China

videogame

O governo chinês lançou novas regras destinadas para conter o vício em videogame entre crianças e jovens, um problema que as autoridades acreditam ser responsável pelo aumento da miopia e pelo baixo desempenho acadêmico da sociedade.

O regulamento, anunciado pela Administração Nacional de Imprensa e Publicações da China, proíbe usuários menores de 18 anos de jogar entre 22h e 8h. Além disso, eles não têm permissão para jogar mais de 90 minutos nos dias úteis e 3 horas nos finais de semana e feriados.

Os videogames se tornaram um alvo bem comum na China. A mídia chegou a comparar alguns jogos a “veneno” e o governo bloqueou a venda de alguns títulos, alegando que eles são violentos demais.

A Administração Nacional de Imprensa e Publicação disse que nos novos regulamentos os menores de 18 anos seriam obrigados a usar nomes reais e números de identificação quando se conectassem para jogar. As regras também limitam quanto os jovens podem gastar em compras feitas através de aplicativos, como armas virtuais, roupas e animais de estimação.

A Administração Nacional de Imprensa e Publicações disse em comunicado publicado pela Xinhua que “esses problemas afetam a saúde física e mental das crianças, bem como o aprendizado e a vida social“.

Apesar das novas regras prometerem o combate ao vício em videogame, é muito provável que as crianças e jovens encontrem maneiras de contornar o regulamento, como usar o telefone e o número de identificação dos pais. Por isso, ainda existe uma certa duvida de como será monitorado o acesso das crianças aos videogames, já que existem essas pequenas “brechas” que podem acabar sendo usadas.

Fonte: New York Times


Veja também:

Dani

Formada em Pedagogia, 30 anos, apaixonada por animes e quase tudo da cultura oriental. Animes preferidos: Gankutsuou, SakuraCC, SakuraSou e Black Jack.