O amor é difícil para Otakus!

Wotaku Ni Koi Wa Muzukashii (“O Amor é difícil para Otakus”) ou carinhosamente chamado Wotakoi, é um mangá escrito por Fujita e que teve seu anime no ano de 2018. Com assuntos mais adultos porém sem perder o tom de comédia, o anime se saiu bem na tv e nas livrarias garantindo o posto de um dos animes mais bem avaliados em seu ano de estreia.

O amor é difícil para Otakus!

O anime “O Amor é difícil para Otakus” acompanha a história dos protagonistas Hirotaka Nifuji e Narumi Momose, dois amigos de infância que por coincidência acabam se encontrando já adultos trabalhando na mesma empresa, o único problema é que a Narumi quer guardar um segredo que Hirotaka sabe: ela é Otaku!

Wotakoi tem muitos assuntos adultos. Já no começo do anime, a gente descobre que a Narumi se mudou a pouco tempo, por conta do trabalho novo, e logo depois em uma conversa com o Hirotaka, que mudou de emprego porque seu ex namorado e seus colegas de trabalho descobriram que ela é Otaku. É muito chocante porque aqui no ocidente apesar de existir um certo preconceito com as pessoas que são ‘nerds’, gostam de cultura pop, ao mesmo tempo as pessoas começaram a se inserir mais nesses assuntos depois dos filmes da Marvel fazer sucesso entre todos os tipos de público não só quem gosta de quadrinhos e super hérois. Outra franquia que também fez muito sucesso entre os diferentes tipos de público foi Star Wars que conquistou muita gente depois da nova saga de filmes que estrearam.

No Japão o termo ‘Otaku’ significa algo mais do que alguém que é muito fã de anime e mangá, o termo significa alguém que é extremamente fã de qualquer assunto ou hobby, por esse motivo esse termo não é algo muito positivo por lá. No anime, a Narumi é uma ‘fujoshi’, o termo significa literalmente ‘moça’, porém ele é escrito com kanjis que transformam o termo em “garota podre”.

Image for post
Fonte: blyme-yaoi

Fujoshis são mulheres que são fãs de mangá yaoi, que retratam histórias de romance entre dois homens. Inclusive além de fujoshi, a Narumi escreve doujinshis yaoi, e pra você que não sabe o que é isso, um doujinshi é como uma fanfic, são histórias escritas por fãs baseados em histórias já publicadas, existem doujinshis de Naruto, Sailor Moon e por vai. No japão acontece a Comic Market, um dos maiores eventos otaku do país, nele pessoas vindo de todo lugar aproveitam para comprar doujinshis dos autores que mais gostam, Hq’s com edição limitada, cosplays de seus personagens favoritos, etc. Em um dos episódios a Narumi participa da Comic market vendendo seus Doujinshis, e é aí que conhecemos esse lado da Narumi que além de gostar de animes e mangás, escreve e ilustra os doujinshis.

O amor é difícil para Otakus!

Já o Hirotaka é muito viciado em jogos e diferente da Narumi não esconde isso dos colegas de trabalho, inclusive durante o anime ele é visto muitas vezes com seu console durante suas pausas no trabalho. Ele tem uma personalidade diferente da Narumi, é quieto e não costuma demonstrar muito seus sentimentos, mas isso não impede que ele seja muito fofo com a namorada em vários momentos do anime, aqueles que fazem a gente se apaixonar (de novo) por um personagem que não existe. Apesar do hobby inusitado da Narumi, ele está sempre a apoiando a terminar seus projetos, a acompanha no seu evento, e em algum momento até aceita ser maquiado por ela!

Além dos personagens principais em “O Amor é difícil para Otakus” a gente também conhece a Hanako Koyanagi e o Tarou Kabakura, que aliás são meus personagens favoritos! Os dois costumavam brigar muito quando estudavam juntos, eles praticavam esportes e eram muito competitivos, e logo depois que se formaram começaram a namorar. No começo é um pouco complicado entender a relação dos dois, já que eles brigam com frequência, é claro que como o anime é de comédia as brigas servem de certa forma como alívio cômico. Porém é muito interessante ver como o anime fala sobre isso, apesar das brigas constantes, esse casal também tem muitos momentos fofos durante os episódios. A Hanako é cosplayer, que faz principalmente personagens homens, o que faz com que ela chame muita atenção, ela é muito conhecida pelo trabalho que faz e é expert em maquiagem, e está sempre querendo convencer seu namorado a se juntar ao seu hobby. Já o Kabakura, é mais reservado, gosta muito de ler mangás, e colecionar action figures. E apesar de ser mais sério, e ter um pouco de ciúmes, também acompanha a namorada em eventos otaku e pra mim os dois protagonizam os momentos mais fofos do anime.

Image for post

Dos animes que assisti no ano passado “O Amor é difícil para Otakus” foi meu favorito! São personagens adultos, falando sobre relacionamentos maduros, abordando assuntos como a importância dos amigos, de um relacionamento saudável, de praticar seus hobbies, e ser aceito pelas pessoas que te amam. Tudo isso sem perder o tom de comédia e romance, com momentos pra morrer de rir e outros que são pura fofura.

Por enquanto o anime tem 11 episódios, e sem notícias sobre uma segunda temporada. O que se sabe é que temos um live action, no japão ele estreou em 1º lugar e contabilizou mais de 220 mil ingressos vendidos e arrecadou cerca de 2,73 milhão de dólares. Confira o trailer:

Image for post
Image for post

Se você já assistiu “O Amor é difícil para Otakus”, comenta o que achou! E se você já viu o live action, também comente aqui!


Veja também: