“Otakus são os maiores otários” disse a artista de Pokémon em seu Twitter

Keiko Moritsugu Otaku

Otakus são os maiores otários e os mais fáceis de enganar”

No mês passado, a artista Keiko Moritsugu se envolveu em uma polêmica declarando que “moe arruinou anime” e afirmando que a animação japonesa precisa começar a ser mais parecida com a Marvel em termos de conteúdo que ela cria.

Conhecida por ser uma das artistas e designers de personagens de animes como Pokémon e Doraemon, ela não parou seus argumentos e opiniões por aí, e se envolveu em nova polêmica declarando em seu Twitter que “Otakus são os maiores otários”.

Ela não está nada feliz com o contínuo crescimento da cultura Otaku e deixou isso bem claro em sua conta no Twitter:

“Eu não acho que a situação seja que os hobbies de otaku se tornaram mainstream, mas que eles não estão mais sendo avisados ​​por ninguém sobre suas qualidades prejudiciais. Ninguém está ensinando a eles que ler livros, fazer churrascos, tocar instrumentos musicais, jogar footsal, aprender línguas ou outras formas de estudo enriquecerão suas vidas. E a razão é porque, para as grandes empresas, os Otakus são os maiores otários e os mais fáceis de enganar”.

Keiko Moritsugu sugeriu que as pessoas tenham outros hobbies mais intelectuais ou esportivos, porém ela parece estar dizendo que assistir a um monte de anime não vai fazer de você uma pessoa melhor, e por isso não é a maneira mais significativa de gastar seu tempo.

A opinião de Moritsugu de que os otakus estão desperdiçando seu tempo e entorpecendo suas mentes é divisiva e acabou recebendo muitos comentários, entre eles um comentarista falou:

“Parece que você não está ciente do alcance do otakuism. Ao fazer coisas comuns, eles investigam minuciosamente os campos que os intrigam, o que lhes permite obter vastas quantidades de conhecimento, ainda que às vezes não requeridas.
Não é certo usar um pincel tão largo quando deprecia as pessoas. ”

Moritusgu rebateu o comentário de forma bem enfática:

“Ok, deixe-me repetir isso de novo. “Não confunda o otaku sem habilidades para otakus que tenham capacidades de nível genial.”

Se Keiko Moritsugu se considera otaku de nível genial, não-otaku talentoso ou outra coisa é algo que não temos como saber, mas está bem claro que, apesar de trabalhar em dois dos maiores sucessos de anime de todos os tempos, ela tem a mentalidade bem limitada de que a maioria dos otakus precisa desenvolver um conjunto mais amplo de hobbies.

Via: soranews24

Dani

Formada em Pedagogia, 31 anos, apaixonada por animes, coisas fofas e quase tudo da cultura oriental.