Por que é melhor um Otaku não casar com outro Otaku?

Casal otaku - Otaku couple - GQCA

Casar-se significa compartilhar sua vida com alguém, então é fácil imaginar que estilos de vida compatíveis é uma forma mais fácil de um casal dar certo. Muitos Otakus sentem que teriam melhor chances em sua vida amorosa se vivessem em um casamento onde o outro também fosse Otaku.

No Japão existem até serviços de namoro criados para unir casais que tenham esse mesmo gosto. Porém, o consultor de casamentos japonês e usuário do Twitter @hikarin22, diz que casar-se com outro otaku não é necessariamente um caminho seguro para felicidade conjugal, em vez disso, recomenda procurar um parceiro com um conjunto de características diferentes de você.

O tipo de pessoa que um otaku vai ser feliz ao se casar não é outro otaku. É uma pessoa que vai entender e aceitar a quantidade de tempo e dinheiro que você gasta em seus hobbies otaku, e que honestamente não depende de saber se o seu cônjuge é um otaku ou não. Mesmo se você for casado com um otaku, se não estiver compreendendo os hobbies do outro ou tiver atitudes diferentes em relação a dinheiro e finanças, acabará lutando ”.

Embora a palavra “otaku” habitualmente seja utilizada para se referir a entusiastas de anime, ela também é aplicada a fãs de videogames, músicas idol, eletrônica e vários outros segmentos. E mesmo que você e seu atual ou futuro parceiro romântico tenham a mesma categoria de otaku, uma rápida olhada em qualquer fórum da Internet dedicado ao tema, por exemplo, anime ou videogame, mostrará a você que ainda há muitas oportunidades de desacordo civil entre companheiros fãs do meio como um todo.

Otaku gamer

Por causa dessa gama de tipos de otakus, o tweet de @hikarin22 recebeu várias respostas de outros usuários do Twitter que deixaram comentários como:

– “Isso é exatamente certo. Preciso lembrar de agradecer à minha esposa por entender tanto meu otakuismo.

– “É importante ter atitudes semelhantes em relação aos gastos. Eu não poderia estar com alguém que continua gastando dinheiro em seus hobbies, mesmo quando estamos lutando para sobreviver em outro lugar em nosso orçamento.

– “Otaku pode parecer tudo igual à primeira vista, mas há muita variedade mesmo dentro do mesmo gênero.

– “A melhor coisa é tentar encontrar alguém que gaste uma quantidade similar em seus hobbies por mês, como você faz.

– “Meu namorado é um otaku e joga horas por dia. Eu geralmente estou sentada ao lado dele lendo um livro e o vendo jogar. Eu não sei nada sobre jogos, mas os visuais são lindos, então para mim parece que estamos assistindo a um filme juntos.

Até o serviço de encontros mais conceituado de Tóquio aconselha que seus clientes tenham interesses fora das tradicionais esferas otaku, a fim de ajuda-los a ser uma pessoa mais completa e mais compreensível. Porque, mesmo que seja legal ter um cônjuge que gosta das mesmas coisas que você, é bem melhor ter alguém que compreenda e aceite o nível de paixão e o tempo que você dedica ao seu hobby, ainda que ele não compartilhe dos mesmos gostos.

Via: Soranews24


Veja também:

Dani

Formada em Pedagogia, 30 anos, apaixonada por animes e quase tudo da cultura oriental. Animes preferidos: Gankutsuou, SakuraCC, SakuraSou e Black Jack.