Autor de Bleach revelou como o mangá afetou sua saúde mental

Tite Kubo - Bleach

Em uma recente entrevista, Tite Kubo, autor do mangá Bleach, comentou sobre problemas de saúde desenvolvidos ao longo dos anos por conta de sua dedicação a obra.

Em dado momento, Kubo percebeu que havia algo de errado e foi ao hospital, descobrindo através de exames que havia rompido o tendão de seu ombro, e apesar dos resultados, ele ainda não se sentia bem. E foi assim durante um ano, até que o mangaká percebeu que o que estava sentindo tinha a ver com solidão.

Eu pensei que poderia finalmente fazer uma pausa, mas algo estava errado. Fui ao hospital, onde descobri que tinha um tendão do ombro rasgado, mas ainda sentia algo diferente e não me sentia bem. Passei cerca de um ano a sentir isso sem saber a causa até que finalmente percebi: “Ah, sinto-me sozinho”Tite Kubo

Sua grande dedicação, os dias estressantes e a enorme pressão por trabalhar em um mangá semanal acabaram interferindo diretamente em sua saúde emocional.

Kubo disse que durante a serialização de Bleach sempre pensava em diversos personagens para a trama e isso fazia com que tivesse várias pessoas dentro de sua mente, mas quando finalizou a obra, todas essas perturbações sumiram da sua cabeça.

Durante a serialização, eu estava sempre pensando em dezenas de personagens. Eu estava passando dias com todos os tipos de pessoas dentro da minha cabeça. Mas quando a serialização terminou, parei de pensar nelas e não sabia como gastar o meu tempo… Não era que minha saúde fosse má, mas que eu estava sozinho. Depois de perceber isso, eu queria desenhar mangá novamente pela primeira vez em muito tempo.Tite Kubo

Quem sabe, depois de um bom descanso da mente ele não volte com uma nova obra tão incrível quanto Bleach. É o que os fãs esperam.

Dani

Formada em Pedagogia, 31 anos, apaixonada por animes, coisas fofas e quase tudo da cultura oriental.