Rússia baniu Death Note, Inuyashiki e Tokyo Ghoul do país

Death Note

Um tribunal da Rússia proibiu vários animes populares, incluindo “Death Note“, “Tokyo Ghoul” e “Inuyashiki“, sob alegações de que adolescentes russos reencenam cenas violentas retratadas nos animes.

Os promotores estaduais também pediram ao tribunal de São Petersburgo para proibir “Naruto”, “Elfen Lied” e “Revisores Interspecies” em dezembro.

Cada episódio contém crueldade, assassinato, violência”, disse o sistema judiciário em um anúncio divulgado em 18 de dezembro sobre o registro de cinco processos contra 49 sites.

O tribunal distrital de Kolpinsky de São Petersburgo, decidiu na última quarta-feira que “Death Note” e “Inuyashiki” seriam proibidos de distribuição em dois sites, enquanto “Tokyo Ghoul” foi banido em um site, de acordo com o sistema judicial. A agência de notícias estatal da Rússia, RIA Novosti, informou que o sistema judiciário especificou que as proibições afetam apenas os endereços dos sites listados.

Os pais russos fizeram campanha para banir “Death Note” já em 2013, depois que uma garota de 15 anos com uma coleção do mangá em questão, morreu por suicídio.

Este ano, a mídia de São Petersburgo informou também que um fã adolescente de “Death Note” caiu de uma janela aparentando estar vestido com uma camisa branca e gravata vermelha, assim como o protagonista da série.

Via: Moscow Times

Dani

Dona, redatora e criadora de conteúdo da 'Garotas Que Curtem Animes'. Formada em Pedagogia, entusiasta de animes, apaixonada por coisas fofas e quase tudo da cultura oriental.